22/12/2012

Poeminho do fim

Sei não, querubim...
o mundo está mesmo
com cara de fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário