02/08/2012

Quarto 69

Espere...
Com as mãos terminou de arrancar a criança asquerosa que era cuspida do seu ventre. O parceiro, da cama, ouviu a descarga.
Pronto.

Puderam, então, seguir com a transa...
Publicado na revista minicontos.com.br,
antiga Veredas, no dia 28/12/2012.