23/08/2013

Assassino




E quando ele, enfim, quase esquece,
o passado vem pichar os muros...

A. F.

4 comentários:

  1. E com isso aparece os desenhos mais loucos.

    Grande André!
    Abrs.

    ResponderExcluir
  2. Ninguém tem muros completamente limpos. Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Esta síntese é perfeita, André. Há sempre um passado pichando o muro do presente.
    Abraço,

    ResponderExcluir