27/11/2013

Noite! Noite


Noite! Noite escurecida!
Em cada noite há um violão
e uma canção esquecida...

Noite! Noite facetada!
Em cada noite há um grito
e uma verdade abafada...

(Noite! Noite pueril!
Em cada noite há um guardião
e em sua mão a arma vil...)

Noite! Noite mentirosa!
Em cada noite há um bicho
e dentro disso uma rosa...

Noite! Noite embaralhada!
Em cada noite há um estrondo
e um assombro na escada...

Noite! Noite esclarecida!
Em cada noite há um poema
e um problema... E a vida.

A. F.

* Desenho de
Eduardo Flores