27/02/2012

Não dá mais

Não dá mais pra brincar de ser criança...
Não dá mais pra brincar com esta cidade.
Que a cidade é grande e logo cansa
de fingir — de fingir que é de verdade.

24/02/2012

Fundação


Mais vale um só tijolo edificado sobre os alicerces da verdade,
que um império construído em mentiras.

23/02/2012

Flores

Flores, flores...
estranho como fui dormir
e não havia flores...
Agora, elas aqui
parecem brotar do meu corpo...

Estranho dormir vivo
- acordar
subitamente morto...


André Foltran
Publicado no Livro Diário do Escritor 2013.