27/05/2014

Tango para a nossa morte




Auréolos corpos
tangam na noite:
esses segundos,
quem os fabrica?

Por trás das peles
estranhos fogos
— deus & o diabo
num beijo eterno!

Esses segundos
são mais que séculos,
entanto escoam

por entre os sexos.
Depois do tango
não há mais tempo.

A. F.

17/05/2014

17/05/14

Eu também sou a favor da paz.
Mas devo confessar que
meus melhores sonhos
eu os tive
em dias terríveis
de guerra.

Toda guerra é uma arte,
sobretudo a das palavras.
Nos matemos!

A. F.

09/05/2014

Sexta-feira

De mim &
dos que amo,
esse rito
— de vida

esse rastro
 de morte
esse resto
 de whisky

A. F.