17/05/2014

17/05/14

Eu também sou a favor da paz.
Mas devo confessar que
meus melhores sonhos
eu os tive
em dias terríveis
de guerra.

Toda guerra é uma arte,
sobretudo a das palavras.
Nos matemos!

A. F.

6 comentários:

  1. Por palavras se vive, e por palavras se luta e se guerreia. E por palavras se morre.

    ResponderExcluir
  2. Palavras impensadas matam os sonhos.
    Gostei André.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Do que vivemos entre nós e as palavras...

    ResponderExcluir
  4. se queremos arte, queremos guerra, se queremos guerra, queremos morte, se queremos morte o sangue é nossa inspiração.

    xoxo

    ResponderExcluir
  5. para construir um mundo é preciso destruir outro... belo poema!

    ResponderExcluir
  6. Viva!
    Hoje tive um tempinho extra, para poder ler e comentar como deve de ser.
    Normalmente uso o G+1 para marcar presença, mas nem sempre me satisfaz.
    É um privilégio ler escritos bons, e eu vou tentar ser mais presente.
    Abraços e beijos. D

    http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

    ResponderExcluir