15/09/2013

O blues que anoitece os homens


Mas você vem
sorrateira
pela porta...

          Você sempre vem...
          revirar a mesa, espalhar
          os discos, tocar fogo
          nos tediosos dias

— aqueles mesmos dias
a que nós loucos chamávamos
                                         úteis...

A. F.

8 comentários:

  1. Ai, a loucura pode ser algo de tão saudável!
    É tão bom revirar a mesa, incendiar de fogo os dias entediantes, e não esquecer a música, é claro!
    Um poema muito bonito, André!
    xx

    ResponderExcluir
  2. É maravilhoso alguém que vem desavisadamente e bagunça nossa rotina... um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Revirar a mesa leve, erguê-la do fundo para que nela o blues anoiteça...

    ResponderExcluir
  4. http://cronisias.blogspot.com.br/2013/09/manha-tarde-e-noite-os-homens-estao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, Fred, pela postagem em seu blog. Um abraço!

      Excluir
  5. A avassaladora, a mulher fatal, a amada dos sonhos, a que inventa e reinventa a vida em caleidoscópio. Lindo André, e o titulo tem vida própria. Perfeito.

    ResponderExcluir
  6. Adorei!
    O título é sensacional *-*
    Perfeito como sempre, meu caro.

    Um beijo.

    ResponderExcluir